Linguagem:

You are here

Torre Sevilla

Gestão integral para o primeiro arranha-céus de Sevilha
Sevilha, Espanha

O primeiro arranha-céus de Sevilha é uma torre de escritórios de 180 metros de altura, situado na Ilha da Cartuja e desenvolvido em colaboração com o prestigioso estúdio norte-americano Pelli, Clarke & Pelli Arquitects.

A superfície total construída do complexo é de mais 213.000 m², incluindo uma torre de 180 m de altura.

O concurso internacional organizado pela propriedade Puerto Triana SA, foi ganho pela prestigiosa equipe de Cessar Pelli, autor das Torres Petronas de Kuala Lumpur na Malásia, entre outros. Para a arquitetura e engenharia de detalhes e elaboração dos projetos de construção, o cliente considerou necessário contratar a uma engenharia de prestígio internacional, com uma capacidade para efetuar todas as tarefas integradas que um projeto desta grande envergadura necessita. A equipe da Ayesa foi escolhida para estes trabalhos, dispondo para isso dos melhores currículos na fase de redação dos projetos. Nosso vice-presidente técnico, Ginés Aparicio, ex-diretor geral de construção da Expo 92 e reconhecido engenheiro, é o responsável máximo da gestão dos diversos contratos que nossa empresa assinou com o cliente: projeto básico, projeto de construção integral, arquitetura, estruturas e instalações, direção facultativa, coordenação de segurança e saúde e gestão integral do projeto.

O projeto de construção do complexo pressupôs um importante desafio por sua envergadura e concepção arquitetônica. Além disso, necessitou dominar as diversas regulamentações e códigos internacionais utilizados pelo estúdio norte-americano Pelli, Clarke & Pelli Arquitects. Também foram rigorosas as condicionantes impostas pelo cliente: máxima segurança das pessoas e bens, necessidade de reunir funcionalidade e modularidade nas distribuições e alta eficiência energética e sustentabilidade ambiental.

Um aspecto importante a destacar por sua singularidade em edifícios em altura é a obtenção da classificação A segundo Calener, a melhor possível no sistema nacional de classificação energética para edifícios. Isso foi possível graças à colaboração das equipes de instalações energéticas e de arquitetura da Ayesa, em colaboração com a Universidade de Sevilha, e permitiu otimizar as medidas ativas e passivas de melhorias da eficiência energética na construção. Além disso, implementaram-se todas as instalações especiais e de segurança contra incêndios capazes de proporcionar a todo o complexo o grau de conforto e segurança que permitem a proteção de pessoas e bens, com uns padrões superiores aos contemplados pela regulamentação de cumprimento obrigatório. 

Áreas de atuação: